Dermo-conselheiro | Pele

A pele e o frio

O frio, o calor, as mudanças de temperatura, as emoções, a contaminação, o sol... Se pensamos bem, a pele suporta constantemente todo o tipo de pressões. Por isso, convém não a descuidar e tratá-la como merece. A pele protege-nos e o seu aspeto diz muito sobre cada um de nós.

Só costumamos prestar atenção quando já notamos a pele seca, os lábios gretados e as bochechas sensíveis. Todos os anos sucede o mesmo... Temos mesmo de esperar tanto?

Hidrate a pele mais do que o normal. E isto dando por adquirido que já o faz de manhã e à noite. Sabemos que pode parecer-lhe um aborrecimento: mas trata-se apenas de se acostumar! Corpo inteiro, cabelo, mãos, pés, rosto, contorno dos olhos e lábios.

Como dizíamos no início, a nossa pele diz muito sobre nós. As suas mãos, por exemplo, podem ser a sua melhor carta de apresentação. Através das mãos de uma pessoa podemos adivinhar a idade, a profissão, a vida que teve, a vida que tem e até que ponto se cuida. E não é preciso ser o Sherlock Holmes! As mãos sofrem especialmente com a chegada do frio. Use luvas de lã e, sempre que se lembrar, aplique um creme específico de mãos várias vezes ao dia para as manter protegidas e hidratadas. Se tiver um formato “viagem”, melhor. Assim já não há desculpa e pode ir consigo, seja para onde for!

Apesar da tentação, evite os duches demasiado quentes. Com isso, só irá obter uma pele muito mais descamada e seca. Duches mornos e, se for corajosa, duches frios. A pele ressuscita: melhora o seu aspeto e suavidade, elimina pruridos ou eczemas e estimula a circulação.

E, como nos esquecemos sempre deles, não queríamos esquecê-los também aqui: cuide dos seus pés. Durante o verão submetemo-los a todo o tipo de stresses, sandálias, fricções... Durante o inverno, esquecemo-nos deles sob as meias e as botas. NÃOO-NÃOO-NÃOOO.

Após o duche esfregue-os com uma toalha velha: é um peeling suave mas muito eficaz que, se repetir com frequência, far-se-á notar. Depois hidrate-os bem e, se estiver em casa, utilize meias de algodão: ajudam a manter a humidade do creme hidrante e a que este penetre em profundidade. Se for sair, meias de lã! Precisamente porque aquecem e absorvem a transpiração excessiva.

E, como sempre, seja primavera, verão, outono ou inverno, use proteção solar. Os raios UVB também penetram na pele por muito nublado que o céu esteja ou por muito frio que faça. Por isso, se quer proteger a sua pele, aplique o protetor solar ou um creme que contenha proteção meia hora antes de sair de casa, para obter o máximo benefício.

Estamos conscientes de que são muitas tarefas, mas as compensações são tantas, que nunca deixaremos de a incentivar a cuidar-se. Afinal, cuidar-se é gostar de si própria. E gostar de si própria é ser feliz. Viva o SmartAging!


autor
Dermo-conselheiroEspecialista em cuidados com a pele

Twitter

Facebook

Cookies

Subscrição a MartiDerm

Está a subscrever a nossa newsletter para estar atualizado(a) sobre todas as novidades da MartiDerm.

EMAIL