Dermo-conselheiro | Pigment Zero , Cuidados faciais , Pele

Manchas localizadas: esqueça o excesso de melanina na pele

A melanina é um pigmento derivado da tirosina, um aminácido necessário para que todo o organismo funcione de forma correta. Na nossa pele, a melanina é criada nos melanócitos, umas células da epiderme. 

A melanina é o pigmento responsável pela cor da pele, olhos e cabelo. Porém, uma produção excessiva de melanina dá lugar ao surgimento de manchas e hiperpigmentação.

As causas que produzem estas alterações na pele em forma de manchas e hiperpigmentação, devem-se a diversos fatores. As mais comuns costumam ser:

  • A exposição solar: estas manchas são conhecidas como lentigos solares.
  • A idade: estas alterações na pele são lentigos (até há pouco tempo designado lentigo senil).
  • As mudanças hormonais: principalmente devido a gravidez ou contracetivos. Estas manchas são conhecidas como
  • Fotossensibilizantes: manchas originadas por medicamentos ou mesmo por perfumes.
  • Hiperpigmentação pós-inflamatória: por feridas ou marcas e acne.

Tipos de manchas ou hiperpigmentação

Distingue-se entre dois tipos de manchas: As generalizadas e as localizadas.

As manchas generalizadas são as produzidas por uma acumulação de melanina e que ocupam uma grande parte do rosto.

E, as manchas localizadas são uma acumulação de melanina numa determinada zona. As áreas mais frequentes são: o lábio superior, as bochechas ou maçãs do rosto, a testa, o pescoço, o decote ou as costas das mãos.

Tratamento das manchas localizadas

A Martiderm, dentro da sua linha DSP, possui dois produtos ideais para o tratamento das manchas localizadas ou persistentes. Seguidamente damos-lhe todos os detalhes.

1.Máscara DSP

A máscara DSP é o tratamento mais intensivo da linha. A sua base caulínica consegue um efeito oclusivo que faz com que a penetração dos ativos se potencie.

Os ingredientes presentes nesta máscara são:

  • Ácido kójico: inibidor da tirosinase.
  • Ácido elágico: inibidor da tirosinase.
  • Ácido salicílico: renovador celular.
  • Arbutin: inibidor da tirosinase.
  • Vitamina C: antioxidante.
  • Licorice encapsulado: antioxidante.
  Como utilizar a máscara? Depois de aplicada, o tempo mínimo de ação é de 30 minutos. Aconselha-se a experimentar durante dois dias a tolerância do produto da seguinte forma:
  • Primeiro dia: 30 minutos.
  • Segundo dia: 1 hora.
  • A partir do terceiro dia: se for tolerada, pode aplicar-se após o tratamento habitual e deixar durante toda a noite.
Esta máscara pode combinar-se com o Sérum DSP Iluminador ou com o Creme Renovação DSP.   Outro uso desta máscara DSP que deve ser destacado é nas manchas generalizadas persistentes. Neste caso a máscara aplica-se em todo o rosto e deixa-se atuar um mínimo de 30 minutos. Não é necessário deixá-la toda a noite. Se a pela o tolera, podemos aplicar antes da ampola Alfa-Peeling. Aplicando a ampola Alfa-Peeling com a DSP-Mask (no mínimo 30 minutos) conseguimos:
  • Maior penetração dos ativos despigmentantes: graças aos alfa-hidroxiácidos da ampola Alfa-Peeling e ao efeito oclusivo da máscara DSP.
  • Ação hidratante pelo ácido hialurónico da ampola Alfa-Peeling.
  • Ação reafirmante pelo colagénio marinho da ampola Alfa-Peeling.
  • Ação despigmentante pelos ativos da máscara DSP.
  • Ação de limpeza pela própria argila da máscara DSP.
  2. Cover DSP O Cover DSP é o complemento ideal para aplicar durante o dia sobre manchas localizadas, faciais ou corporais, como as das palmas das mãos.
  • Pode aplicá-lo sempre que desejar.
  • Tanto em homens como em mulheres.
  • Para todos os tipos de pele.
A sua tripla ação, despigmentante, filtro de proteção solar e de camuflagem com uma ligeira cor de maquilhagem, faz com que seja um grande e prático aliado.   Os ingredientes presentes na Cover DSP são:
  • Ácido kójico: inibidor da tirosinase.
  • Ácido salicílico: renovador celular.
  • Filtros solares UVA/UVB 50+: protetor solar.
No caso de usar maquilhagens ou cremes com cor, pode aplicar-se tanto antes como depois para renovar a proteção solar e continuar a tratamento da mancha. Seja qual for a causa das manchas ou da hiperpigmentação que aparecem no rosto, é imprescindível tratá-las com produtos específicos para assim atenuar os seus efeitos e exibir uma pele saudável e livre de alterações.
autor
Dermo-conselheiroEspecialista em cuidados com a pele

Twitter

Facebook

Cookies

Subscrição a MartiDerm

Está a subscrever a nossa newsletter para estar atualizado(a) sobre todas as novidades da MartiDerm.

EMAIL