Dermo-conselheiro | Essentials , Cuidados faciais , Pele , Nutrição

Cuidados para a pele oleosa

Seja qual for o seu tipo de pele (oleosa, seca, mista, normal ou sensível), o importante é que a conheça bem para poder protegê-la e dar-lhe os cuidados que merece.

Acertar na escolha dos produtos que aplicará é tão importante como a regularidade diária para que a sua pele fique luminosa e radiante. Hoje centramo-nos na pele oleosa, quais são as suas características, como devemos cuidar dela e algumas dicas e conselhos para mimá-la todos os dias.

A sua pele é oleosa?

Brilhos, poros dilatados, pontos negros, borbulhas e pontos brancos são sinais identificativos da pele oleosa. O excesso de sebo é o responsável por tipo de peles apresentar este aspeto e sentir uma perda de firmeza notável mais prematuramente.

Porém, ao contrário de outro tipo de derme, as peles com tendência oleosa são mais resistentes aos agentes externos e apresentam menos rugas e linhas de expressão. Mas, é um tipo de pele que exige cuidados específicos para manter-se saudável.

Como cuidar da pele oleosa todos os dias?

Se seguir este simples ritual diário, conseguirá regular o excesso de sebo e a sua pele ficará menos brilhante e mais suave.

  • Limpeza facial diária. Esta etapa é fundamental e deve ser realizada duas vezes por dia: de manhã e à noite. As soluções micelares (em água, gel ou óleo) são uma excelente opção para realizar este ritual de higiene facial diária.
  • Limpeza facial semanal. Tal como no caso anterior devemos realizar, periodicamente, uma higiene facial mais profunda seguindo dois simples passos: Esfoliação e hidratação intensiva com uma máscara. Na publicação seguinte (juntam-se os links da publicação1) explicamos detalhadamente.
  • Brilhos e flacidez ideais. Para controlar os brilhos, visíveis especialmente na testa e no nariz, as emulsões de efeito mate são uma ótima solução. Além disso, para prevenir e travar a flacidez, recomendamos soluções dermacosméticas que ajudem a produzir colagénio dado que são muito eficazes para reafirmar a cútis.
  • Hidratação leve. Por outro lado, a pele oleosa também pode desidratar, pelo que é aconselhável a utilização de uma loção de textura leve e sem óleos (também denominadas em inglês, oil free) para evitar que fique mais oleosa. Aconselhamos a experimentar as ampolas de proteoglicanos LIPOSOMAS da MartiDerm® específicas para peles oleosas e/ou reativas.

Algumas dicas e conselhos extra 

Além disso, alguns hábitos complementam e potenciam os resultados da sua rotina de beleza para que a sua pele fique fantástica.

  • Alimentação. A nossa pele reflete o que comemos, pelo que a nossa pele necessita de uma alimentação específica. No caso da pele oleosa, recomendamos hidratar muito bem a sua pele. Ingira 2 litros de água por dia. Consuma alimentos ricos em Omega 3 (abacate, salmão ou atum), que contêm propriedades antiinflamatórias. Não se esqueça de juntar a fibra na sua dieta. Estes alimentos são ideais para que o corpo elimine toxinas, e além disso evitam a sobreprodução de gordura.
  • Evite tocar na pele com as mãos sujas, nem o faça aos pontos negros e brancos, para evitar a inflamação da pele. Também é importante que tenha as mãos limpas antes de aplicar qualquer produto.
  • Maquilhagem Os cosméticos também têm um papel importante no cuidado das peles com tendência oleosa. Escolha produtos sem óleos e maquilhagem de textura em pó, dado que ao ser absorvente, conseguirá camuflar o brilhos. Um truque? Utilize sempre um pincel para aplicar o blush na face, e habitue-se a levar toalhitas na mala: ajudam a eliminar os brilhos faciais e o óleo do rosto sem estragar a maquilhagem.
  Se realizar todos estes cuidados específicos, estes hábitos passarão a fazer parte da sua rotina diária e irão ajudar a travar o excesso de óleo e a recuperar a elasticidade natural da pele.
autor
Dermo-conselheiroEspecialista em cuidados com a pele

Twitter

Facebook

Cookies

Subscrição a MartiDerm

Está a subscrever a nossa newsletter para estar atualizado(a) sobre todas as novidades da MartiDerm.

EMAIL