Dermo-conselheiro | Bodycare , Cuidados faciais , Cuidado do contorno dos olhos e lábios , Pele , Cuidados corporais

Para um olhar luminoso, cuide do contorno dos seus olhos

Quem é que já se olhou ao espelho encontrando olheiras e/ou papos? Estas marcas tão pouco estéticas, que aparecem no contorno dos olhos, são muito habituais e fazem com que o rosto tenha um aspeto cansado. Mas, é sobretudo o olhar que fica mais afetado pelas olheiras e papos, dado que estas o obscurecem, tornando-o apagado.

Olheiras ou papos?

Ambas se situam no contorno dos olhos, a zona mas frágil e delicada do rosto, dado que a espessura média dessa camada da derme não chega aos 0,5 milímetros, cinco vezes menos que a das restantes zonas do rosto. Porém, as olheiras e as bolsas têm uma origem distinta e existem diferenças notáveis entre elas.

  • Costumam ter uma tonalidade escura, ainda que por vezes também possa ser amarelada, e situam-se debaixo dos olhos. Entre as diferentes causas que podem provocar olheiras encontra-se a falta de ferro, já que uma carência deste mineral estimula a criação de coágulos nos vasos sanguíneos que existem nessa zona. A genética, a falta de sono (que provoca uma dilatação dos vasos sanguíneos) e a idade (com os anos, a pele fica mais fina) também contribuem para a formação das olheiras.
  • Visualmente, os papos são a acumulação de líquidos e gorduras debaixo dos olhos e surgem como um monte. Entre as causas da sua formação também se encontram os fatores genéticos, mas podem igualmente aparecer quando há retenção de líquidos, algo habitual em muitas pessoas.
 

Conselhos para a sua prevenção

Se se trata de um problema genético, é difícil prevenir o aparecimento de olheiras e papos, mas se a origem destas marcas for outra existem alguns conselhos que podem ajudar a evitar a sua formação.

  • Hábitos. Adotar certos costumes, como dormir de barriga para cima, com a cabeça mais elevada que os pés e com almofada, pode evitar que as pálpebras inchem e, por isso, ajudar a prevenir o aparecimento de papos. Utilizar gelo ou uma rodelas de pepino refrigerado quando já apareceram serve como terapia de choque, já que ambos reduzem a congestão dos olhos e a inflamação dos vasos sanguíneos.
  • Alimentação. Ocasionalmente, os papos formam-se devido à retenção de líquidos, um problema que costuma ser provocado pelo consumo excessivo de sal. Por isso, recomenda-se que evite os alimentos salgados e opte por diuréticos, como o tomate, mirtilos, chá verde, já que estimulam a função renal.
  • Tratamento específico. Existem soluções dermocosméticas muito eficazes para corrigir essas marcas e recuperar a luminosidade do olhar. Uma delas é Cytokin, um gel com retinol, citocinas e outros princípios ativos, graças às suas propriedades relaxantes, hidratantes e reafirmantes, ajuda a reduzir os papos e olheiras. E, outra, Expression, uma solução à base de ácido hialurónico e outros elementos, que preenche as linhas de expressão, levando-as a desaparecer. Além disso, dispomos das cápsulas drenantes e tonificantes, Legvass Cápsulas, que se tomam 1 vez ao dia depois da refeição. É um complemento alimentar, que contém vitamina C, castanha das índias, uva vermelha, centelha, ruscus e rotina.
  • É uma solução eficaz para corrigir visivelmente os papos e olheiras e recuperar a luminosidade do olhar. Para o conseguir aplique primeiro um corretor da cor da sua pele ou num tom mais claro se os papos dos seus olhos são escuros, e depois dê uns toques com pós de maquilhagem mate por baixo dos olhos para que o corretor fique fixo.

Com estes conselhos, as olheiras e papos irão diminuindo e conseguirá um contorno de olhos suave e uniforme e um olhar luminoso e expressivo que melhorará o aspeto geral do seu rosto.


autor
Dermo-conselheiroEspecialista em cuidados com a pele

Twitter

Facebook

Cookies

Subscrição a MartiDerm

Está a subscrever a nossa newsletter para estar atualizado(a) sobre todas as novidades da MartiDerm.

EMAIL